Geração desse tipo de energia limpa bateu três novos recordes no mês de agosto, segundo dados publicados pela Neoenergia.

A temporada “dos ventos altos” no Nordeste brasileiro tem feito a produção de energia eólica bater picos recordes de produção inéditos em 2020. Somente na primeira semana de agosto, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) registrou três recordes de geração média de energia na região oriundas dos parques eólicos. O mais recente aconteceu no dia 6 de agosto, quando a força do vento chegou a produzir 9.049 MW médios.

A Neoenergia responde por cerca de 5% da geração de energia eólica no Nordeste com 44 parques, sendo 17 em operação nos estados do Rio Grande do Norte, Bahia e Paraíba com capacidade instalada de 516 MW (suficiente para abastecer mais de 1,1 milhão de residências) e outros 27 em construção no Piauí, Paraíba e Bahia.

Fonte: Neoenergia – Jessyca Porto:jessyca.porto@agoracomunica.com.br