Comemorado em 16 de outubro, em vários países do mundo, o Dia Mundial da Alimentação teve a data escolhida para homenagear a Organização das Nações Unidas (ONU), criada no mesmo dia, em 1945. Neste ano, a data é duplamente significativa, já que o Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU ganhou o Prêmio Nobel da Paz de 2020. Em comemoração a esta data, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo apresenta suas ações para a segurança alimentar do Estado, por meio de suas unidades de abastecimento, pesquisa e extensão rural.

Desde o início, o Dia Mundial da Alimentação trabalha temas distintos a cada ano. Em 2020, a abordagem é: “Cresça, alimente, sustente. Juntos”, em que será lançado um incentivo à solidariedade global, dentro do contexto da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Visando promover a alimentação saudável, por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro) e da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS), a Secretaria de Agricultura fornece importantes orientações à população e aos produtores rurais para promover o aproveitamento integral dos alimentos, de forma a extrair todos os nutrientes contidos em todas as partes, incluindo, cascas, talos, folhas e raízes. Em relação aos produtores rurais, as capacitações oferecidas pela CDRS visam a agregação de valor aos produtos, sejam eles excedentes ou não da produção agrícola.

O tema da segurança alimentar e nutricional é transversal e muito extenso. Por isso, o Governo do Estado dispõe de um órgão de assessoramento permanente: o Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável. O Consea-SP é a instância de articulação entre o governo e a sociedade civil, sendo composto por 36 conselheiros, dois terços dos quais são indicados pela sociedade civil organizada e um terço é formado por representantes do poder público.

Com o objetivo de explicar a importância dos alimentos e bebidas industrializados para a alimentação e nutrição humana, o Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), da Secretaria, lança neste Dia Mundial da Alimentação e Dia do Engenheiro de Alimentos, três novos estudos da Série Alimentos Industrializados 2030 , que abordam biscoitos , iogurtes e sucos e outras bebidas não carbonatadas. As publicações abordam origens e tipos específicos de produtos, sua composição detalhada, sua segurança para consumo e seu valor nutricional.

Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo